quarta-feira, 17 de abril de 2013

A ESCASSEZ DE ÁGUA EM BELO JARDIM E MUITA GENTE NÃO ESTÁ NEM AÍ




Estamos em fim de abril e começo de maio, mas parece que estamos em fim dezembro e começo de janeiro. Nada de chuva. Belo Jardim, agora, só dispõe de água nas torneiras três dias a cada onze sem. Ou seja, a situação é crítica. Infelizmente parece que muitas pessoas não estão nem aí para essa situação. É triste observar, em minhas andanças, pessoas lavando calçadas, carros, janelas ou simplesmente "aguando a rua para não fazer poeira dentro de casa". 


O Açude Bitury, a nossa água fina e gostosa, está dando os seus últimos suspiros. Vai ser duro ver aquele manancial seco como vimos em 1999. As plantações e as criações sofrem pesado com essa falta de chuvas. Temos notícias de que Tabocas também tem pouca água e o Ipojuca ainda aguenta uns seis meses.




Ora, meus amigos, quem tem dinheiro pode comprar até um caminhão-pipa para abastecer a sua casa. Mas, e o pobre? Aquele que depende tão somente da água dos mananciais como fica? Não tentando me engrandecer mas, na minha casa, até a água de lavar pratos e tomar banho é reaproveitada para lavar quintal e colocar na privada. É possivel afirmar que uma parcela dos moradores daqui precisam levar uns "carões" da Justiça ou até de nós mesmos que estamos vendo o erro. A seca é um fenômeno natural, ela já existe nessa região desde o começo do mundo. Quem mora por aqui é que tem que se adaptar. As autoridades constituídas, especialmente o Executivo Municipal, têm de fazer alguma coisa. O que vemos são falácias, ações nada. Lembro muito bem que, quando Cecílio Galvão foi prefeito muitos poços foram abertos na cidade e na zona rural. Depois que o "Vendedor de Mentiras" assumiu em 2001 esses poços foram desativados, aterrados com a alegação não sei de que. Hoje, estamos passando pela falta. Sendo assim, já que sabemos que esse rapazinho não está nem aí para a situação (pelo menos é o que demonstra), vamos nos unir. Vamos nos organizar. Vamos cobrar os nossos direitos. Vamos economizar e cobrar para que os outros também economizem. A cidade é nossa, não podemos deixar o que é nosso virar bagunça. 





2 comentários:

  1. Bom Dia.no seu blog pela primeira ,achei lindo sua página,simples e elegante ,de muito bom gosto. Foi você que fez o título? Continua em atividade? Se tiver vou seguir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fátima essa é uma página nossa. Seja bem vinda. Ficamos um tempo inativo mas estamos voltando com força.

      Excluir